Sob ameaça de impeachment e isolado, Bolsonaro pede arrego - Rádio PC do B

Sob ameaça de impeachment e isolado, Bolsonaro pede arrego

 

O presidente foi orientado pelo golpista Michel Temer. O comunicado saiu depois de uma reunião com ex-presidente. Diz que “suas palavras decorreram do calor do momento”

Em nota, Bolsonaro faz um pedido de desculpas pelo desrespeito às instituições do país nos atos antidemocrático do último 7 de Setembro quando voltou a agredir o STF e defender ações golpistas. Na verdade, o recuo é uma demonstração de que o presidente está isolado e sem apoio político para enfrentar um processo de impeachment, por isso pediu arrego.

Bolsonaro foi orientado pelo golpista Michel Temer. O comunicado saiu depois de uma reunião com ex-presidente. Diz que “suas palavras decorreram do calor do momento”.

A nota de Bolsonaro não será suficiente para arrefecer o clima político no país, pois pode ser mais um “assopra e morte” característico do presidente. Líderes da oposição dizem que as manifestações pelo pedido de impeachment continuarão.

Na nota, Bolsonaro afirmou que “nunca teve intenção de agredir quaisquer dos Poderes. “A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar.”

Também diz que “boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news. Mas avisa que não vai desobedecer as ordem judiciais vindas do ministro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Anterior Ameaça de Bolsonaro configura crime de responsabilidade para juristas
Próximo Post Manifestações do domingo (12) unem diferentes forças contra Bolsonaro